Gonorréia no Homem – O que é, como prevenir e como tratar

Antes de começar esse artigo, tenho a obrigação de dizer que NÃO sou médico, apenas estou repassando essa informação, e aconselho fielmente para que procure um médico na solução de qualquer dúvida ou em caso de suspeita de ter adquirido essa doença.

A Gonorréia possui muitos nomes populares, muitas pessoas nem ao menos se dão conta de que estão com gonorréia. Os nomes mais populares são: blenorragia, corrimento, escorrimento ou pingadeira.

A gonorréia é uma uretite causada pela bactéria Neisseria gonorrhea (daí vem o nome). A gonorréia é transmitida através de relações sexuais com parceiras contaminadas, a cada relação as chances de se contaminar aumentam.

Uma dúvida muito comum é se a gonorréia é transmitida através de sexo oral e anal, e sim, transmite quase que com as mesmas chances.

Seus sintomas mais comuns após o contágio, onde a pessoa fica no estágio de incubação, que varia de dois à dez dias, após esse período surge uma secreção e dor ao urinar. A gonorréia pode ocorrer sem secreção nenhuma, mas é bastante comum, e ela aumenta dependendo da quantidade de pele do pênis.

A gonorréia não tratada pode causar estreitamento uretral do homem e afetar órgãos adjacentes como testículos, epidídimos e próstata. Mas, com a evolução da medicina e dos tratamentos, essa complicações são raras.

Como se trata a gonorréia?

Os tratamentos mais comuns e preferenciais são as doses únicas de antibióticos: ceftriaxonia, ciprofloxacino,ofloxacino e azitromicina, entre outros. É recomendável fazer relações utilizando camisinha durante o tratamento.

Como previnir a gonorréia?

Primeiramente seria selecionar criteriosamente as parceiras, e utilizar camisinha sempre.

Qualquer dúvida pode deixar nos comentários, mas já vou adiantando, não sou médico, se você está suspeitando que está com gonorréia, procure um médico.

Deixe um comentario