Cuidados básicos com o veículo – Parte II

Essa é a segunda parte do artigo Cuidados básicos com o veículo. Se você chegou aqui pelo buscador considere a leitura do primeiro artigo.

Cuidados com o catalisador

O catalisador é um dispositivo que tem como função transformar substâncias poluentes em gases menos perigosos para a atmosfera.

Normalmente um catalisador dura cerca de 80.000Km, mas, por ser um equipamento localizado na parte inferior do veículo está sujeito à danificações. O melhor a se fazer é evitar entrar em poças de água fundas e desviar das pedras maiores.

Um catalisador novo não custa muito barato não.

Os equipamentos de emergência

Para uma boa segurança no seu automóvel, é preciso ter alguns equipamentos. Alguns deles inclusive são obrigatório por lei, como o estepe, extintor de incêndio e o triângulo de sinalização, outros, porém, não são obrigatórios por lei, mas, são de extrema utilidade em caso de emergência, como o macaco e chave de roda. Cuide para que esses equipamentos estejam sempre à mão.

O estepe

O estepe deverá sempre estar calibrado e balanceado. Caso precise usá-lo e ele estiver murcho, opte por colocá-lo na parte traseira, instalando o pneu calibrado na frente. Mesmo que isso dê mais trabalho aumentará e muito a segurança.

Macaco

O único cuidado necessário com o Macaco é ter atenção às instruções de uso, o Macaco mal colocado pode causar acidentes.

Chave de Roda

A mais recomendada é a do tipo cruzeta que permite o usar os pés para soltar o parafuso da roda. É sempre bom ter uma luva para não machucar as mãos na hora de usar o equipamento.

Extintor

Em caso de incêndio, retire o lacre de inviolabilidade, levante a alavanca e aperto o gatilho em direção ao fogo. São as técnicas básicas de combate ao fogo.

Triângulo

O triângulo serve para avisar aos carros que estão vindo pela estrada que tem alguém com problemas à frente. O triângulo deve ser colocado à 50m de onde o seu veículo está parado.

O Escapamento

O escapamento, que é composto por câmaras de expansão, conversores catalíticos e tubos, é o responsável por recolher e eliminar os gases do processo de combustão do motor, além de diminuir o ruído do processo graças a um silenciador interno.

Com o uso o escapamento acaba sofrendo desgastes provocados pelos resíduos corrosivos de combustível e óleo. Sempre que o equipamento apresentar buracos deverá ser trocado para não comprometer o bom desempenho do motor.

Os faróis

São necessários vários cuidados com os faróis, e é preciso fazer uma revisão periódica neles. As lâmpadas precisam ser trocadas a cada dois anos, aproximadamente. Os faróis perdem a regulagem de fábrica devido à buracos e depressões nas ruas e estradas, por isso é recomendável uma revisão a cada 3 meses. Não custa caro e é um item indispensável para a segurança.

Lataria

Atualmente a maioria dos automóveis já vem protegido de fábrica contra ferrugens e agentes nocivos ao metal. O maior problema, no entanto, são os acidentes e o vandalismo. Não é difícil aparecer aqueles amassadinhos no veículo misteriosos. O mais correto é não deixar o reparo para mais tarde, pois o prejuízo pode ser maior.

Procure fazer no mínimo dois orçamentos antes de reparar o veículo.

Limpadores de pára-brisa

Verifique sempre a pressão do braço do limpador, a borracha das palhetas, se caso as borrachas deixarem umas marcas no vidro, é sinal de que precisa de novas.

Luzes

Para ter uma boa segurança, o funcionamento das luzes é crucial. Não somente dos faróis, mas das lanternas, piscas, luz de freio e ré, iluminação interna, painel, todos eles devem ser checados constantemente para não haver surpresas.

Verifique periodicamente a bateria, observe principalmente se os cabos estão oxidados ou frouxos.

Essa foi  a segunda parte do artigo Cuidados básicos com o veículo, a terceira parte do artigo estará disponível amanhã.

Artigos:

Cuidados básicos com o veículo – Parte I

Cuidados básicos com o veículo – Parte II (atual)

Cuidados básicos com o veículo – Parte III (indisponível)

Categorias: Automóveis

Deixe um comentario