Música para Macho #10: Supersuckers

Quando alguém diz que o Rock and Roll morreu, é porque não conhece o Supersuckers. Vindos do deserto do Arizona, a banda, que inicialmente faria algo parecido com heavy metal, resolveu aceitar suas influências e misturaram Rock and Roll com a música sulista dos USA. O resultado é um Rock muito competente e que pode ser digerido acompanhando um barril de cerveja e torresmos.

Eddie Spaghetti, é o cara que toca essa banda louca pra frente. Com uma linha de guitarras rápidas e sem firulas, a banda faz aquilo que se deve fazer e como se deve fazer. Pouca frescura, poucas viagens, poucas invenções e letras que falam de estrada, bebida, loucuras e mulheres. Pra não te deixar perdido, o som é nos moldes do Hellacopters (ah, você taambém não conhece? Melhor se informar).

Esta é uma banda que certamente você jamais escutará no rádio, jamais verá um CD deles nas prateleiras do supermercado (quiçá das lojas especializadas), mas, se ouvir, vai se perguntar do porquê o sucesso deles não vingar. Pelo menos é o que eu questiono.

Existem rumores da banda fazer apresentações no Brasil em novembro. Mais precisamente dias 27 e 28 em São Paulo e Goiânia respectivamente. Se você estiver de bobeira, vá. Valerá a pena.

Se você quiser conhecer um pouco mais sobre a banda, recomendo começar ouvindo o The Sacrilicious Sounds of the Supersuckers , de 95. Outros álbuns muito legais da banda são The Evil Powers of Rock ‘n’ Roll e Motherfuckers Be Trippin’.

Como aperitivo, fica ai um clipe de uma das músicas mais legais da banda: Rock-N-Roll Records (Ain’t Sellin’ This Year) – já sabem, fica ai até a gravadora tirar do ar, ok?

É isso ai, se isso não é um belo Rock and Roll, não sei o que é!

Post originalmente escrito para o Planetwide-Suicide

Leia mais

O Rock Viril

O Sepultura em sua época mais viril

O Sepultura em sua época mais viril

Tenho o azar de morar longe do trabalho. Bem longe, aliás. São 10 conduções por dia, 4h balançando em trem, ônibus e metrô, de segunda a sexta-feira. Como eu sou um cara bem chato, fico reparando nas pessoas em volta.

Fico até impressionado com o rumo que a juventude está tomando. Sei que pareço um chato falando isso (e sou!), mas o que acontece com essa molecada de hoje em dia? Eu cresci ouvindo bandas brasileiras. Ouvia Raimundos, Ira!, Sepultura, Ultraje a Rigor e Titãs. Algumas dessas bandas estavam em plena decadência nos anos 90, mas outras estavam indo bem. Goste você ou não dessas bandas, é preciso admitir uma coisa: eram bandas virís. Música de macho, letras que falavam de mulher, bebida, cotidiano e juventude. Foram as músicas que me criaram. A música consegue transformar pessoas, não há dúvida!

Lembro que nessa época, havia rixas entre “roqueiros” e “não-roqueiros”. O estilo de se vestir, andar e se
comunicar era bem diferente. Éramos diferentes. Podres, mal-educados, mal-encarados. Éramos feios!

Hoje, vejo os jovens (e vou te falar, eu só tenho 25! Tem muita gente da minha idade ai) cada vez menos virís. As músicas falam de amores que não deram certo, de amores que deram certo, de amores que darão certo e de amores que… bom, só falam de amor! Ok, o mundo precisa disso, mas, cadê a agressividade? Cadê a rebeldia?

Hoje os adolescentes se vestem como meninas. Cabelos alisados, rostos abatidos, caras de triste. Porra, se pregam tanto o amor, porque vivem tristes?

E as meninas? Será que não se fazem mais mulheres como as de antigamente? Mulheres que gostam de homens? Mulheres que são sensíveis, mas sabem rir. Mulheres que gostam de homens, não de um bando de menino mimado! Essa juventude criada a leite com pêra vai crescer. E ai, o que será da próxima geração? Uma geração de frouxos? Uma geração de “Meninos super inteligentes e sensíveis?” Bah, nós somos feios, toscos e mal-encarados, mas ainda assim, sabemos como tratar as mulheres! Será que estamos errados?

No final, a conclusão que chego é que a música caminha para um sentido mais sensível e menos agressivo. Teremos “roques” com letras de pagode. E o pior é pensar que essa influência vem de fora! O mundo está assim.

Salve-se quem puder!

Texto originalmente publicado no Planetwide-Suicide

Leia mais

Vai uma bebida ai?

ambev-orkut1

O Orkut sempre foi marcado por milhares e milhares de games em comunidades. Após a equipe do Google liberar o uso de aplicativos para a Rede Social, as coisas começaram a ficar mais interessantes.

Entre uma boa idéia e outra podemos destacar algumas iniciativas que sem dúvida, estão dando, e darão certo. Uma delas é o game criado pelo grupo Ambev, uma das maiores companhias de bebidas do mundo.

O lance do game é a interatividade gerada, nele você tem que carregar um caminhão com bebidas e criar o seu estoque, e você poderá depois distribuir essas bebidas do seu estoque entre seus amigos.

Não precisa dizer que você deve enviar isso para aquele amigão que ficou mamado na última festa né?

Além disso, esse game estará divulgando a vaga para Trainee na Ambev, uma oportunidade que ninguém pode deixar passar.

#ficadica Link para aplicativo (orkut)

Leia mais

Command6 – Banda nacional quebrando tudo!

Este é um post do Coisas de Homem em parceria com o blergh!

Antes de você não ler este post, um aviso:

  • Irei aqui falar de uma banda nova, nacional e que está surpreendendo
  • No final do post farei uma promoção

Se ainda assim você quiser passar direto deste post, sinta-se a vontade.

Command6

Command6

Command6 (http://www.myspace.com/command6) é uma banda paulista de Metal. É, Metal. Eu pensei aqui, cá com meus botões: “Mas só Metal? Pô, os caras devem ser algo mais além do Metal?”. Realmente, eles são mais que uma banda de Metal apenas, mas eles se deram o direito de inovar, misturar e surpreender tanto, que não dá pra definir o álbum como um todo. Não dá pra rotular. Vão desde o industrial, passando pelo hardcore, pitadas thrash metal, metalcore e, ah, melhor escutar. São inovadores.

Ouvindo o som dos caras, dá pra sentir que as influências de cada um são bem diversificadas. Dá pra notar um pouco de tudo no som. E não tem como não notar a qualidade musical. Uma linha de vocal que vai do agradável ao agressivo sem enjoar. E a instrumental sempre alinhada, com bons solos de guitarra entre os riffs(sim, eles têm solos!!) bem acompanhada pelo baixo e a bateria que mudam bastante de faixa para faixa.

A música dos caras chamou a atenção de Vitão Bonesso, que aqui em São Paulo apresenta o Backstage, na Kiss FM e é, sem dúvida, um dos mais respeitados da área. Já apareceram algumas vezes no programa, que vai ao ar aos domingos às 22h.

Command6 - Evolution?

Command6 - Evolution?

O álbum de estréia tem a arte impecável de Marcelo Campos, do Ace 4 Trays (banda recomendada também), que faz do encarte do CD uma atração a mais.

E, claro, a promoção

Para ajudar a banda e mostrar pra vocês que eu não estou falando besteira, a promoção é a seguinte: vou disponibilizar um som dos caras. Entre os que ouvirem e deixar um comentário, será sorteado um CD da banda. É só deixar o comentário com um e-mail válido (não será divulgado) e eu entro em contato após o sorteio, que vai rolar dia 20 de agosto. Então não perca tempo, ouça o som da banda e deixe seu comentário a respeito. Só valem os comentários deste post (até mesmo as críticas sobre a banda valem).


Command6 – Before The Storm

Caso você não consiga ouvir o som no Grooveshark, temos o som no myspace da banda e na Roadrunner.

Ou, na versão ao vivo no RotaBDG

Se mesmo assim você não conseguir ouvir, me mande um e-mail (kuvasney at gmail) que eu envio o som pra você. O importante é que você ouça e participe da promoção. E, se gostar, aproveita e aparece em um dos shows deles!

Alguns links sobre a banda

Leia mais

Música para Macho #8

Velhas Virgens - Cubanajarra

Velhas Virgens - Cubanajarra

Você ai, meu amigo leitor, já ouviu falar das Velhas Virgens? Não estou falando daquela sua tia avó crente. Estou falando da banda. Provavelmente sim, mas vou ser mais específico.

A Banda das Velhas Virgens, como foi chamada a princípio, é uma banda de Rock and Roll nacional, formada no início dos anos 90. Você já deve ter ouvido alguma coisa deles por ai. A famosa “Abre Essas Pernas” é tocada em tudo que é lugar. Aquela música onde o cara faz um leilão pela mulher e bla bla bla. Bom essa ai tá no segundo álbum deles, de 97, chamado “Vocês Não Sabem Como é Bom Aqui Dentro!”. Provavelmente você só ouviu isso, não é? Talvez tenha ouvido mais uma ou outra, como a “Beijos de Corpo” que tocou nas rádios no final dos anos 90 (a do refrão: “Nós tamos indo pra zona, nós tamos no maior porre”). Se você ouviu mais que isso, parabéns. Se não, não tem problema, é normal. O cenário nacional nunca deu muita bola pras Velhas. Ainda bem! Por isso eles continuam ótimos.

A banda tem 7 álbuns de estúdio e 2 ao vivo. Estão há quase 22 anos na estrada fazendo um Rock and Roll sem firulas, sem frescuras e muito bem feito. Tirando as baladas de amor (que por sorte são minoria), são uma banda excelente. E são, sem dúvidas, uma banda para machos! Com letras que falam de bebedeiras, mulheres gostosas, churrasco e bebedeiras (sim, tem mais bebedeira do que o resto), conseguem resumir bem a vida de um macho bem resolvido.

E, pra melhorar ainda mais, a banda conta com uma integrante feminina. Sempre gostosa! A primeira foi a dançarina Claudia Lino (aquela que canta na “Abre Essas Pernas”). Depois veio a japinha Lili (ah, a Lili…). Hoje temos a Juju, deliciosa também.

Aliás, geralmente as mulheres não gostam deles por considerarem a banda muito machista. Mas isso elas falam da boca pra fora, pois elas sabem que, na verdade, elas se enquadram em todas as letras. Por exemplo, a letra de “Muito Bem Comida” fala sobre uma garota toda fresca, do tipo boneca. Aí o refrão diz:

Aí caiu nas mãos desse cervejeiro / Olhar matreiro e barriguinha pró / E eu te fiz gozar e ver a vida / Te fiz gemer até não ter mais dó

Sobre bebedeiras, eles tem um hino: Já Dizia o Raul:

Já dizia o Raul: vai e faz o que queres / Pra beber prefiro cerveja / Mas pra comer… eu prefiro as mulheres!

Velhas Virgens com a Lili

Velhas Virgens com a Lili

A banda começou muito bem com os álbuns “Foi Bom Pra Você?” e “Vocês Não Sabem Como é Bom Aqui Dentro!”. Dois clássicos absolutos do Rock and Roll nacional, de qualidade musical invejável. Tiveram alguns maus momentos, alguns álbuns não tão inspirados, mas o que é certo é que todos os seus álbuns contém clássicos. Podemos destacar as épicas “Morena Lucifer”, “Já Dizia o Raul”, “Madrugada e Meia”, “Uns Drinks”, “Blues do Velcro”, “Marcia e Amanda” e muitas, muitas outras.

O mais legal das VV é que, depois de 20 anos de estrada, em 2006, eles lançaram o Cubanajarra. Tendo em vista que as bandas vão se limitando com o tempo e lançando álbuns cada vez menos divertidos e criativos, as VV foram no rumo contrário. Cubanajarra é um álbum que se iguala aos primeiros da banda, de qualidade impecável e músicas feitas para serem clássicos, mostrando um verdadeiro respeito com os fãs.

Respeito esse que é marca da banda. Os shows são intensos, longos, com repertórios sempre bem recheados, muita interação com o público e preços bem acessíveis! Se você nunca foi e um dia tiver a chance de ir, não desperdice. É lá que você pode comprovar o porquê eles são realmente uma banda que merece entrar no seletíssimo “Música para Macho”. O site dos caras está sempre atualizado, com fotos, histórias. Você pode comprar CDs e camisetas da banda por preços bem acessíveis (nos shows é mais barato ainda). É uma das poucas bandas que eu realmente aprecio. Já fizeram muita merda durante a carreira, mas posso dizer que são uma banda exemplar.

Resumindo: ouça as músicas dos caras. Baixe os cds deles, eles não vão se importar. Se gostar, vá num show e compre (sério, custa barato). No show vende até calcinhas da banda! mas não perca a chance de ver os caras ao vivo e encher a lata junto com eles (só não sei se você vai aguentar o ritmo deles. Os cara não caem).

E deixo com vocês o hit “Se Deus Não Quisesse”!

Leia mais

Shampoo e Condicionador para barbear

504x_2261264620_83a69cc3ff

Photo By Okko Pyykkö

Um problema muito comum que atinge quase todos os homens do mundo: a falta do creme de barbear.

Seja por esquecimento na hora das compras, seja por um imprevisto que o maldito tenha acabado e você não se deu conta, o fato é que uma vez ou outra damos por falta do creme de barbear.

Para isso, o site Life Hackery arrumou uma bela solução:  Shampoo ou Condicionador.

Como o Shampoo e Condicionador são coisas coisas que raramente faltam em casa, fica fácil substituir o creme. Mas além de ser uma solução simples de conseguir, eles se mostraram muito eficientes na hora de apararar a barba, dependendo, com o  shampoo fica até melhor do que alguns cremes de barbear.

O fato é que o shampoo e condicionador foram feitos para “amolecer” e deixar o cabelo mais fácil de lidar, e por isso ele se torna a solução ideal quando misturado com um pouco de água.

E claro, para todos que odeiam fazer a barba, assim como eu, poder fazê-la no banho rapidamente é uma maravilha.

Leia mais

Qual o seu segredo?

Dessa vez a HBO conseguiu se superar em termos de campanha para seus seriados e lançaram o hotsite “O seu segredo“.

Bem parecido com a idéia do blog PostSecret, onde as pessoas deixam os seus segredos, suas mensagens, o site oseusegredo.tv, de uma forma mais digital e interativa, as pessoas podem deixar os seus segredos para qualquer um ler.

omg

“Ao entrar no site, na parte debaixo, existe uma seção chamada “Desconhecidos“, clique nela para ler os segredos de pessoas desconhecidas que desabafaram. Você também poderá deixar o seu segredo sem se comprometer: também na parte inferior do site, clique em “O QUE VOCÊ ESTÁ ESCONDENDO: Clique aqui e revele os seus segredos”.

segredos

Apesar de faltar uma caixa de busca de palavras, a navegação pelos segredos ficou excelente, basta clicar nas palavras-chave, ex: “Pais, Escola, Sexo, Amor, Medo”, bem parecido com a navegação por tags em blogs.

Em minha opinião, essa foi uma das melhores idéias já criada para campanhas online, a navegação entre os segredos dos desconhecidos consegue tirar muitas risadas dos usuários, e claro, poder colaborar deixando os segredos é ótimo.

Uma dica: fique longe da palavra cachorro. O que tem de gente pervertida nesse mundo não é brincadeira.

O hotsite está divulgado a nova temporada da série da HBO “Big Love“, série essa que já foi indicada para o prêmio Emmy e Globo de Ouro e tem como produtor executivo nada mais, nada menos que Tom Hanks.

3271918035_c43f828ae3_o

História: BIG LOVE narra uma história em Salt Lake City de Bill Henrickson, que equilibra como necessidades das suas três esposas – Barb, Nicki e Margene – os seus sete filhos, três casas e sua loja.

No site da série (http://www.hbo.com.br/biglove/) você encontra muitas informações sobre ela, ainda não possui horários, mas é provável que em breve será atualizado.

Outra dica: A música desliga clicando naquele símbolo musical, logo abaixo no site.

Então é isso, #ficadica.

Leia mais

Tudo que as mulheres precisam saber sobre sexo

Há muito tempo vi esse vídeo no blog do meu amigo Reru, o Eita Preula. O fato é que esse vídeo contém o mais alto nível de experiência na arte da fornicação aguda e não poderia deixar nunca de compartilhar ele com vocês.

Acho que depois desse vídeo não restou mais nada inteligente para falar.

:P

Leia mais

Le Parkour perfeito!

Já falei um pouco sobre Le Parkour aqui no Coisas de Homem, mas o que ninguém sabia é que sou um mestre na arte do Parkour:

Link para o vídeo

Obviamente que esse cara do vídeo acima não sou eu, é provável que esse elemento com DNA de pulga não chegue nem aos pés de minhas magnificas habilidades no Le Parkour, é por isso que tive que fazer um vídeo e mostrar que o Lemprozeviskis Movements supera qualquer coisa nesse universo:

Link para o vídeo

Se quiser te aulas de Le Parkour comigo, aproveita que está em promoção, apenas R$12.399,90 por aula. E se você está tentando entender o que é o vídeo acima, nem tente, seu cérebro agradece.

Ah, o primeiro vídeo é do Andrei, tem até um game dele no site da Coca-Coca Zero, você tem que segui-lo com o holofote. Duvido que alguém conseguisse seguir meus super movimentos também.

Le Parkour FAIL

Leia mais

Teste de baliza – Você é um bom motorista?

Há muito tempo atrás eu joguei esse pequeno jogo em flash, se não me engano foi em 2003. Trata-se de um game onde você deve estacionar o carro com o menor tempo possível sem bater.

Fonte: Anderssauro

Leia mais