Bungee Jump – Onde e como praticar, equipamentos necessários e diversão garatida

bungee-jumping

Um dos esportes radicais na minha lista para fazer é sem sombra de dúvida o Bungee Jump, muitos minutos de preparação, alguns segundos caindo, e outros quicando no ar, e um momento para se lembrar o resto da vida.

O Bungee Jump é um esporte que a maioria (ou quase) deseja praticar, não é fácil encontrar campos onde o Bungee Jump esteja liberado, e quando está, não é fácil achar pessoas sérias com equipamento 100% para que o salto possa ser o mais seguro possível.

Existe muitas dúvidas quanto ao esporte, e por isso comecei a escrever esse artigo, para solucionar as maiores dúvidas de todos quanto a esse esporte.

bungee jump

Quem dera se no final de cada salto tivesse uma loira dessas.

Onde praticar o Bungee Jump?

O bungee jump é praticado principalmente em feiras e exposições, é muito difícil de se ter algum lugar específico para o bungee jump que não seja esses.

Os operadores armam a torre de suporte, levam o guindaste, e disponibilizam uma equipe devidamente treinada com todos os equipamentos de segurança.

É bom deixar claro que, por lei, é proibido saltar de pontes e afins, salvo em caso de autorização específica de um juiz. O salto na ponte oferece muitos riscos ao praticante do esporte, e principalmente, porque a equipe que lhe ofereceu o serviço de salto na ponte provavelmente não esteja autorizado para esse tipo de serviço.

Yahoooo!

Pessoas com problemas de saúde pondem saltar no Bungee Jump?

Pessoas que tem problema de saúde como pressão alta ou problemas cardíacos não podem saltar de bungee jump, com risco de morte.

Antes de saltar é aconselhável fazer um check-up com seu médico, e apresentar o resultado ao especialista na hora do salto, para que você possa ser liberado para o mesmo.

O Bungee Jump na prática

Para saltar no bungee jump não basta amarrar uma corda em volta da barriga e pular do primeiro lugar que ver.

Antes de poder praticar o esporte você precisa passar por um breve treinamento de segurança e assinar um termo de compromisso, que se resume em: Caso você se ferre saltando, o problema é só seu!

Normalmente em exposições ou eventos é preciso apenas pagar uma taxa para usar o equipamento, pois ele já foi devidamente alugado pela organizadora do evento.

Ao subir na plataforma de salto, um instrutor irá acompanhá-lo , e ficará ao seu lado antes do salto para que possa passar as ultimas instruções de segurança, e, muito provavelmente tentar acalmá-lo e convencer de não desistir do salto (isso se for marinheiro de primeira viagem). Normalmente os saltos são feitos de uma altura de 40 metros, onde 9 metros são de queda livre, e a corda estiva por mais 17 metros, até que ocorra o “efeito elástico”, e volte com você para cima, para baixo, para cima, baixo, cima, até decidirem te tirar de lá.

Esse efeito de vai e vem não causa qualquer problema ao corpo humano, e no momento do salto e só viver as emoções do esporte, curtir, emocionar-se, ou simplesmente ficar com aquele friozinho na barriga.

Tipos de salto no bungee jump

Basicamente, existem dois tipos de salto no bungee jump, são eles:

Salto pela cintura e pelo peito

De acordo com especialistas, é o salto mais cômodo e recomendado para iniciantes no esporte, ou para aqueles que preferem um salto mais “light”.

Nesse tipo de salto a pessoa fica na posição sentada no final do salto. E usa uma proteção para que não machuque o rosto.

Salto pelos pés e pela cintura

Esse tipo de salto entra na categoria de mais radical, pois em você ficará preso pelos pés e pela cintura. Esse salto é mais desconfortável porque é realizado de ponta cabeça.

Lembre-se

Saltar de bungee jump é um dos melhores esportes radicais para se praticar, mas não caia na bobeira de fazê-lo ilegalmente. Boa diversão!

Leia mais

Divirta-se jogando Paintball

Para a seção de Esportes Radicais essa semana resolvi escrever sobre um esporte que, mesmo que não tenha praticado, ele está na minha lista de coisas a fazer antes de morrer.O Paintball é um esporte que deve ser jogado por duas ou mais equipes, competindo entre si, usando armas que soltam bolas de tinta para tentar atingir o adversário.

O objetivo principal é pegar a bandeira do grupo adversário. Quanto mais adversário forem atingidos mais fácil fica de ganhar a competição.

O jogo é mais ou menos estilo Counter Strike, onde o objetivo principal é recuperar os “sequestrados”, mas a diversão está em acertar os inimigos; é por isso que existem variações do jogo sem que haja bandeira, ganha o jogo quem não for atingido.

O Paintball evoluiu muito nos últimos, tendo no mundo hoje em dia mais de 15 milhões de praticantes.

Paintball

Te lembra algum game?

O que é preciso para jogar Paintball?

Nos “campos”, onde é jogado o Paintball “oficialmente”, existe uma espécie de pacote de equipamentos, quem vem com:

  • Máscara de proteção
  • Marcador de tempo
  • Cilindro de gás
  • Roupa própria (porque dói pra caraio)
  • Munição e Arma

Além de ter que pagar o aluguel do campo.

Apesar denão necessitar estar em plena forma, é recomendável se preparar um pouco para a partida. Fazendo os devidos alongamentos e aquecimento. Porque o jogo é muito cansativo.

Paintball

Dói pra caralho mano!

Regras principais do Paintball

O objetivo principal do jogo é capturar a bandeira que está no campo adversário. Normalmente a partida é de 5 minutos. Um jogador é eliminado quando uma bola de tinge o atinge e estoura, deixando visível a mancha de tinta, pode ser em qualquer lugar do corpo.

Para controlar a eliminação existem juízes dentro do campo. Um dos motivos para jogar em campo “não oficial” não costuma dar certo, a menos que exista um juíz para ver isso.

Quando a bandeira não é agarrada, e o tempo limite estoura, vence a equipe que mais eliminou adversários.

Paintball no Brasil

No Brasil existe um campeonato de paintball, o CBP (Circuito Brasileiro de Paintball). Também existe um portal sobre Paintbal, onde é possível encontrar diversas informações, sobre classificação, campeonatos, campos de Paintball.

Em toda a América Latina o Brasil é o país com o maior número de praticantes de Paintball.

Finalization

Para quem já praticou, compartilhe algumas informações conosco. e para quem pretende praticar, me chama, que eu tô colado igual catarro no chapisco.

Esporte radical. Esporte Radical e pra Macho!

Leia mais

Dicas para iniciantes no Jet Ski

O primeiro contato com o Jet Ski acontece principalmente através de amigos ou em competições na praia, que sempre acontecem, o que gera bastante curiosidade e admiração com o esporte. Para quem pretende começar a praticar o esporte, o melhor a fazer é usar um Jet Ski Standard e se inscrever nas categorias para iniciantes da BJSA, onde apenas os iniciantes da área competem.

O problema do esporte, é que a lei é muito rígida quanto ao uso dos Jet Ski, a Carta de Araes, que é uma espécie de carteira de habilitação para Jet Ski, só pode ser concedida a maiores de 18 anos. Menores de 18 anos podem entrar em competições, mas com a autorização prévia dos pais, e uma liminar de um juiz.

Não tenho informação de valor, mas para fazer a Carta de Araes é necessário levar até a Associação Brasileira de Jet Ski o seu CPF e Carteira de Identidade, para menores de 18 anos, precisa levar esses documentos junto à liminar do juiz, acompanhado dos pais.

Os principais equipamentos de segurança são (necessário em competições):

  • Colete salva-vidas específico para a modalidade
  • Capacete com queixeixa

Jet Ski gostosasExistem Jet Ski´s para cada categoria, então confira se o seu está de acordo com a competição. Além disso, existe um treino-avaliação, onde os juizes da competição ficam de olho para ver quem está realmente apto à competir.

O Brasil é o 2º colocado no ranking mundial de Jet Ski, está atrás apenas dos EUA. O Brasil possui grandes pilitos, que estão se dando muito bem na competição.

Existem outras competições estaduais pelo Brasil afora, e o campeão brasileiro tem vaga garantida no campeonato mundial que ocorre todo ano no Arizona.

Jet Ski é um esporte bastante admirado e interessante de se praticar. Não tenho muita experiência na área, mas posso aconselhar os visitantes com dicas e regras fundamentais para quem quiser praticar esse esporte, isso até eu arrumar um colunista à altura para postar aqui no blog, e por falar em colunista, logo logo vai sair uma ultra-convocação de colunistas por aqui.

Leia mais